HELP US PROTECT OUR
COMMUNITIES AND CONTINUE
TO BE THE ROOTS THAT HEAL

TO THE GUARDIANS OF THE FOREST

¿QUEM SOMOS?

Meu nome é Tuntiak Katan, da comunidade Shwar no Equador. Eu represento a Aliança Global de Comunidades Territoriais, uma associação de mais de 1.800 comunidades indígenas e locais de florestas tropicais em todo o mundo, composta pela Aliança dos Povos Indígenas do Arquipélago (AMAN), a Aliança Mesoamericana de Povos e Florestas (AMPB), a Coordenação de Organizações Indígenas da Bacia Amazônica (COICA) e a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB).

Protegemos mais de 400 milhões de hectares de floresta, o equivalente em tamanho de toda a União Europeia. Se essas florestas permanecem em pé, isso se deve em grande parte à nossa resistência contra inúmeros ataques.

¿QUE NECESSITAMOS?

Atualmente, a COVID-19 representa outra ameaça aos nossos territórios, já sitiados por mineradores, madeireiros e grileiros. Com seu apoio, seremos capazes de obter as comunicações, os alimentos e os recursos médicos necessários para nos proteger e continuar lutando pelas florestas do planeta, salvaguardar a sabedoria de nossos idosos e elevar nossas vozes em nome da Mãe Natureza

COMO SUA doação ajuda?

Suas doações ajudam a aliviar o impacto que o COVID-19 tem nas comunidades indígenas e locais nas florestas tropicais do mundo. Com sua contribuição, podemos:

  • Obter ferramentas de transporte e comunicação para conectar nossas aldeias aos sistemas de saúde locais e nacionais
  • Acesso aos itens de proteção, como máscaras faciais e gel antibacteriano, para se proteger do vírus
  • Apoiar comunidades cuja soberania alimentaria está em risco devido à invasão de suas terras

Os recursos arrecadados nesta campanha serão divididos igualmente entre as organizações que formam os Guardiões da Floresta.

DESEJA DOAR
LOCALMENTE?

Se você preferir doar diretamente para uma das organizações regionais, clique nos locais deles para ir diretamente para a campanha local

Você também pode apoiar o trabalho dos Guardiões da Floresta adquirindo impressões fotográficas feitas por fotógrafos locais ou que apóiam o movimento. Todos os rendimentos da impressão serão direcionados diretamente para a campanha da Aliança Global das Comunidades Territoriais.

HISTÓRIAS

“Somente quando nossos direitos à terra são garantidos, podemos proteger nossos povos”, explica Levi Sucre, liderança da Aliança Mesoamericana de Povos e Florestas. As comunidades da região conseguiram fechar as fronteiras e garantir a segurança alimentar por até 2 anos, nos territórios em que as políticas públicas favorecem sua autonomia.

As comunidades indígenas e locais das florestas tropicais temos lutado constantemente por os nossos direitos à terra, financiamento direto e respeito aos nossos conhecimentos tradicionais. Durante a pandemia, essa luta é mais importante do que nunca. “Tememos o que sempre tememos, o que aumenta agora é que os olhos do mundo estão diante da pandemia”, diz Dinamam Tuxá, da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), enquanto invasores ilegais em suas terras continuam colocando em risco o modo de vida que pode ser a chave para um futuro melhor para a humanidade.